Este é o meu quartinho de bagunça. Da embalagem vazia de Chokito ao último livro do Saramago que eu não terminei de ler, você encontrará aqui de tudo um pouco.

domingo, outubro 26, 2008

Gabeira vence no Rio de Janeiro

Estou com o Noblat, que disse que o Gabeira ganha quando perde. Perdeu este segundo turno por 55mil votos, mas quando um candidato que tem como principal plataforma a ética e a transparência consegue 1.640.870 votos (49,17% dos válidos) numa cidade tão importante quanto o Rio de Janeiro, isto há de significar alguma vitória. E essa vitória há de querer dizer alguma coisa.

Que a gente não tem cara de babaca, pra dizer o mínimo.

Quanto ao Paes, que é super amigo do governador e do presidente e fez disso sua principal plataforma eleitoral, quero ver como é que ele vai se virar "sozinho" quando seus amiguinhos sumirem do cenário político daqui a dois anos. Ué, estão rindo da minha cara por quê? O fenômeno já começou: o Gabeira venceu no Rio de Janeiro! (ponham isso na cabeça de vocês de uma vez por todas)

E em relação a essa vitória quase subjetiva, tenho a dizer que ele não poderia ter vencido melhor, nem mesmo se os 917mil eleitores que preferiram viajar no final de semana prolongado tivessem comparecido às urnas e marcado 43.

Ih, eu disse que a maior isca de otário do Paes foi a tão alardeada parceria com os mano? Foi mal, gente, me confundi: na verdade, foi sua campanha difamatória imunda repleta de descontextualições cretinas. Mas vamos lá, atitude mental positiva: com sorte, serão só quatro anos.

|

Links to this post:

Criar um link

<< Home